:: DAX Investimentos - Os melhores investimentos - ARTIGO: Buy and Hold – estratégia em ações e FII


Buy and Hold – estratégia em ações e FII

Você já ouviu alguém falar sobre a estratégia de investimento conhecida como Buy and Hold? Não? Falarei sobre ela no presente post e mostrarei como essa estratégia pode ser indicada para a maior parte dos investidores em renda variável.

O que é Buy and Hold?

Buy and hold (comprar e manter) é uma estratégia de investimento  na qual um investidor compra ações, ou cotas de fundos imobiliários, e os mantém por um longo período, independentemente das flutuações do mercado.

O investidor que usa essa estratégia leva um certo tempo analisando as empresas ou fundos imobiliários que pretende investir, pois nesse caso o principal são os fundamentos do investimento, e menos os movimentos de preços de curto prazo e indicadores técnicos.

Muitos investidores lendários, como Warren Buffett e Luiz Barsi, elogiam a abordagem de compra e manutenção como ideal para indivíduos que buscam retornos saudáveis ​​a longo prazo.

Se você pesquisar sobre o assunto encontrará muita gente falando dessa estratégia para ações, mas ela também pode ser aplicada em fundos imobiliários.

Basicamente, quem investe utilizando o Buy and Hold analisa bem uma empresa ou um fundos imobiliário. O que importa aqui são as características do negócio e não o preço da ação ou cota.

Por exemplo, se há uma empresa que considero sólida, boa e que apresentou bons resultados no passado, eu compro ações dessa empresa com o enfoque em me tornar sócio dela. Nesse momento o preço da ação não importa, o que importa é que estou me tornando sócio de um negócio lucrativo.

Caso a empresa permaneça com a boa administração e bons resultados, naturalmente, no longo prazo, o preço das ações acompanharão esses bons resultados, de maneira que terei ganho patrimonial com a valorização das ações e com eventuais distribuição de dividendos.

Com FIIs funciona igual. Se há um fundo que possui bons imóveis, é bem administrado e distribui bons proventos, eu compro cotas para me tornar “dono” de parte dele. No longo prazo, o FII seguindo com seus bons resultados fará com que o preço das cotas aumente, bem como poderá incrementar melhores pagamentos de proventos.

A ideia é escolher um bom negócio e se tornar sócio dele. O preço da ação ou cota no momento não importa muito. Estamos olhando por um viés de longo prazo.

Negócios bem administrados e de bons resultados, exceto raras exceções, no futuro estarão valendo mais do que valem hoje. Nesses casos, nos beneficiaremos desse resultado.

Investir é diferente de especular

Uma coisa que deve ficar clara que Buy and Hold é uma estratégia de investimento e não de especulação.

Comprar uma ativo a um preço X, esperar ele subir e vender, é especulação, não investimento.

Deixo claro que não há nada de errado nisso, são apenas estratégias diferentes.

O sentido de investimento que estou falando aqui é de aplicar hoje para, no futuro (longo prazo) possuir um patrimônio maior. O que acontece no meio do caminho não importa muito.

Como funciona o Buy and Hold

A sabedoria do investimento convencional mostra que, com um longo horizonte de tempo, as ações de boas empresas geram um retorno mais alto do que outras classes de ativos. Há, no entanto, algum debate sobre se uma estratégia de compra e manutenção é superior a uma estratégia de comprar e vender ativos o tempo todo.

Ambos os lados têm argumentos válidos, é mais uma questão de objetivos e estilo pessoal.

Logicamente se tivéssemos como prever quando uma ação vai cair ou subir, seria muito fácil ficar milionário em um mês. Todos comprariam e venderia no momento “certo”. O que acontece é ninguém, repito, ninguém (sem informações privilegiadas, o que é crime) sabe quando uma ação vai subir ou cair.

Você pode até fazer prognósticos, mas certeza ninguém tem. Se isso fosse possível só existiriam milionários no mercado financeiro, quando é exatamente o contrário, mais gente perde do que ganha.

Se maioria mais perde do que ganha na bolsa, será que você terá bons resultados investindo como a maioria?

Buy and Hold exige paciência e resistência

Em vez de tratar a ação como um veículo de curto prazo para obter lucro de um dia para o outro, os investidores Buy and Hold mantêm as ações em mercados tanto de alta como de baixa. Assim, esses investidores assumem o risco final de fracasso ou a recompensa suprema.

Exige-se paciência, pois o resultado “supremo”, se vier, será no longo prazo.

Exige resistência, pois, por melhor que seja a empresa ou FII, o preço da ação ou da cota terá vários períodos de alta e de queda, e você precisará resistir para não realizar o lucro nas altas ou realizar o “prejuízo” nas quedas.

Repito, se você possível prever o ideal será vender quando chegasse ao topo e comprar de novo quando chegasse ao fundo do poço, mas eu, pelo menos, não possuo o dom da previsão.

Posso vender a ação antes do “resultado supremo”?

Então, quando utilizamos essa estratégia procuramos escolher bons negócios, nos tornar sócios dele e colher o “resultado supremo” no futuro.

Contudo, empresas e fundos imobiliários não são fixos, eles podem se alterar.

Dessa forma, se eu me tornei sócio comprando ações de uma determinada empresa por ela possuir determinadas características e, no futuro, ela mudar ao ponto de não mais possuir as características que eu julgava boas, nada me impede de vender as ações.

Lembre: Buy and Hold é investir com a mentalidade de se tornar sócio de bons negócios. Se o negócio deixou de ser bom, não tenho razão para continuar sócio dele.

Por que Buy and Hold tende a ser melhor no longo prazo

A lógica é bem simples. Pensemos na taxa básica de juros da economia, a Selic. No momento ela está em 5%. Digamos então que os investimentos em renda fixa tem rentabilidade que gira em torno de 5% ao ano.

Os grandes empresários são os maiores mestres da multiplicação do dinheiro, não é mesmo? As empresas que eles criam devem ter rentabilidade bem acima da Selic, pois não teria sentido ter todos os riscos de abertura e manutenção de uma empresa para obter uma rentabilidade de um investimento de renda fixa.

Dessa forma, grandes empresas bem administradas serão sempre os melhores negócios de uma economia e, no longo prazo, o preço das ações acompanham o resultados obtidos pelo negócio “real”.

Assim, o investidor ganha de duas formas:

  • Com a valorização das ações no longo prazo, acompanhando os resultados da empresa;
  • Com os dividendos eventualmente pagos.

Contudo, o que deve ficar claro é que a valorização das ações não é linear, ou seja, não é porque uma empresa é boa que suas ações vão sempre subir. No longo prazo ela deverá estar valendo bem mais do que vale hoje, mas no caminho existirão várias altas e quedas.

Vejamos o exemplo de uma das melhores empresa da bolsa (pelo menos aqui em 2019 🙂 ) a Weg SA.

Suas ações em novembro de 2009 custavam em torno de R$ 5 e agora são cotadas a R$ 26. Valorização de 520% em 10 anos. Contudo, conforme gráfico abaixo, veja como há períodos de alta e de queda. Para o Buy and Hold, o mais importante é empresa se manter boa e suas ações mais subirem do que caírem, no longo prazo:

Buy and Hold - Ações e FIIs

Concluindo

O Buy and Hold é apenas uma das diversas estratégias para investimento em renda variável. Na minha opinião uma das melhores e que proporcionam resultados mais consistentes e seguros.

Dizendo isso, contudo, não estou negando a validade de outras. O ideal é que o investidor, sempre, escolha a que melhor se adeque aos seus objetivos.

LEITORES DO DAX INVESTIMENTOS
Preencha seu e-mail e receba meus artigos gratuitamente!
Garantimos sua privacidade. Não divulgamos seu e-mail!

Leia também:

COE - Certificado de Operações Estruturadas

COE – Certificado de Operações Estruturadas

O COE – Certificado de Operações Estruturadas é um investimento que, embora seja uma ótima …