:: DAX Investimentos - Os melhores investimentos - ARTIGO: O que são debêntures


O que são debêntures

Pesquisando sobre tipos de investimentos financeiros você já se perguntou sobre o que são debêntures? Pois bem, vou abordar esse tema no presente post mostrando o que são, como funcionam, como investir e outras questões.

O que são debêntures?

Debênture é um título de dívida, normalmente de médio e longo prazos, no qual você “empresta” dinheiro para determinada empresa, não instituição financeira ou de crédito. A partir daí, é como se o investidor se tornasse credor da referida empresa, recebendo o dinheiro “emprestado” mais os juros, no prazo pactuado.

Quanto à conversão das debêntures em ações da empresa, dividimos aquelas em dois tipos:

  • Simples: não podem ser convertidas em ações
  • Conversíveis: podem ser convertidas em ações da empresa emissora, ao final do período ou em prazo estabelecido.

Diferença entre Debêntures Incentivadas e Debêntures Comuns

A diferença entre debêntures incentivadas e comuns é que, no caso das incentivadas, são emitidas por empresas que irão realizar projetos de infraestrutura no país. Por essa razão, recebem um “incentivo” do Governo sob a forma de isenção de Imposto de Renda, o que torna o investimento bem mais atrativo.

Já as debêntures comuns possuem tributação normal de IR regressivo, da seguinte forma:

Período de aplicação Tributação
Aplicações de 0 a 6 meses Imposto de 22,5% sobre a rentabilidade
Aplicações de 6 a 12 meses Imposto de 20% sobre a rentabilidade
Aplicações de 12 a 24 meses Imposto de 17,5% sobre a rentabilidade
Aplicações superiores a 24 meses Imposto de 15% sobre a rentabilidade

 

-Valter, qual é a mais rentável?

Você terá que comparar debêntures específicas. Na incentivada, a rentabilidade oferecida é líquida, já que é isenta de IR. Na comum, o IR dependerá do prazo do investimento.

Vamos a um exemplo.

Digamos que existam duas opções de debêntures, uma comum com rentabilidade de 15%aa. e uma incentivada com rentabilidade de 13%aa., ambas com prazo de 3 anos.

  • Comum: rentabilidade de 12,75% (15-15% de IR)
  • Incentivada: rentabilidade de 13% (isenta de IR)

Nesse caso, caso, embora a rentabilidade bruta da comum fosse maior, a líquida foi menor. Contudo, se a rentabilidade bruta da comum fosse de 16%aa., por exemplo, ela já seria mais rentável no mesmo prazo.

Tipos de rentabilidades das debêntures

Como outros títulos de renda fixa, as debêntures apresentam os seguintes tipos de rentabilidades:

  1. Prefixados: A rentabilidade é definida no momento da aplicação, ou seja, independe de qualquer outro índice. Por exemplo, se você investir em uma debênture que ofereça uma rentabilidade de 15%aa., esse será o seu ganho, independente de qualquer coisa;
  2. Pós-fixados: Nesse caso a rentabilidade é atrelada a um índice específico como CDI, SELIC e outros. Por exemplo, se você investir em uma debênture que pague 120% do CDI  e esse índice ficar em 14%aa., sua rentabilidade seria de 16,8% (120% de 14);
  3. Híbridos: Neste tipo a rentabilidade é formada por uma fatia pré-fixada e uma pós-fixada atrelada a algum índice. Por exemplo, digamos que você invista em uma debênture que pague 10%+IPCA. Caso o IPCA fique em 9%aa., sua rentabilidade seria de 19% (10 fixo+9 IPCA).

Risco de se investir em debêntures

O que são debêntures

Debêntures são considerados investimentos de maior risco do que um CDB, por exemplo.

Nelas você não está investindo em um banco, mas sim em uma empresa “não financeira”. Há o risco de a empresa não conseguir pagar os investimentos realizados. Caso vá investir em alguma debêntures verifique, anteriormente, a solidez financeira da empresa.

Outro ponto de risco é que as debêntures não contam com garantia do Fundo Garantidor de Crédito.

Por ser um investimento de maior risco, só recomendo que você invista caso a rentabilidade oferecida seja bem maior do que títulos de renda fixa mais seguros como CDBs, LCIs, LCAs e Títulos Públicos.

Como investir em debêntures?

Para fins de negociação, debêntures são como ações, você pode comprá-las e vendê-las por meio de uma corretora. Contudo, debêntures nem sempre são muito líquidas, portanto, considere a hipótese de ter que levá-la até seu vencimento.

Mas, enfim, como investir em debêntures?

  • Escolha uma corretora;
  • Abra uma conta enviando seus dados e documentos;
  • Transfira fundos para conta da corretora;
  • Escolha, dentre as debêntures disponíveis, as que se adequam a seus objetivos.

Na verdade, para se obter boas rentabilidades, não devemos aplicar em um só investimento. O correto é que tenhamos uma carteira de investimentos feita de acordo com o nosso perfil. A Magnetis faz esse trabalho gratuitamente e online. Você pode criar uma conta gratuita clicando aqui e verificar que tipo de investimentos eles lhe recomendam. Você não é obrigado a investir em nada, por isso recomendo criar uma conta e ver se lhe agrada.

Não sei até quando uma ferramenta tão boa vai continuar sendo gratuita, por isso recomendo que você aproveite logo. Repetindo, você não é obrigado a investir em nada e a abertura da conta é totalmente gratuita e online, clique aqui e confira.

Espero, com este artigo, ter conseguido esclarecer o que são debêntures e como funcionam este tipo de investimentos.

LEITORES DO DAX INVESTIMENTOS
Preencha seu e-mail e receba meus artigos gratuitamente!
Garantimos sua privacidade. Não divulgamos seu e-mail!

Leia também:

COE - Certificado de Operações Estruturadas

COE – Certificado de Operações Estruturadas

O COE – Certificado de Operações Estruturadas é um investimento que, embora seja uma ótima …