NTNB – Tesouro IPCA: Como funciona

O NTNB principal – Tesouro IPCA trata-se de um título pós-fixado. Sua rentabilidade é composta por uma variável fixa e uma pós-fixada (IPCA). O índice nacional de preços ao consumidor amplo – IPCA – é o que popularmente chamamos de inflação. Assim, o título rende uma porcentagem fixa + a inflação.

Vejamos, por exemplo, o título “Tesouro IPCA 2019”:

ntnb ipca

Esse título oferece, nesse caso, uma rentabilidade de 6,47% a.a + a inflação do período. O funcionamento básico é como o Tesouro prefixado – NTN, para garantir a rentabilidade, você deve permanecer com o título até o vencimento, no caso, 15/05/2019. Digamos que a inflação do período tenha sido de 6% a.a., você teria uma rentabilidade bruta de 12,47%a.a.

A taxa fixa de título varia para mais ou para menos até o vencimento do mesmo, de forma que se você resgatar o título antes do vencimento poderá ter rentabilidade maior ou menor que a contratada.

Eu gosto bastante desse título do tesouro e o utilizo para proteger parte de meu patrimônio da inflação.

O raciocínio é o seguinte. Digamos que com uma inflação atual de 8% a.a., você aplique em um investimento que lhe ofereça uma rentabilidade de fixa 15% a.a. No momento, pode ser considerado um bom investimento. Contudo, imagine que este investimento tenha o vencimento de 3 anos e, nesse período, a inflação tenha disparado e chegado aos 17% a.a. Nesse caso, o investimento que parecia bom na época da aplicação, na verdade terá lhe trazido prejuízo, rendendo menos que a inflação do período.

Por essa razão, tenho parte de meu patrimônio investido em títulos atrelados ao IPCA, visando ter rendimento real garantido. Nesse tipo de aplicação, não importa se a inflação do período foi de 5% ou 30%, você terá sempre um rendimento fixo mais a inflação do período.

Tesouro IPCA com juros semestrais (NTNB)

Funciona como o Tesouro IPCA (NTNB principal), com a diferença de que paga juros a cada seis meses. Ou seja, em vez invés de receber toda a rentabilidade do título no vencimento do mesmo, você receberá parte dos ganhos semestralmente.

Importante salientar que não se trata de rentabilidade extra, a mesma é “quebrada” e paga em faixas semestrais e, no final, você recebe o valor investido atualizado pelo IPCA mais os juros do último semestre.

Esse título é recomendado para quem quer ter uma fonte de renda periódica, pois, todo semestre, receberá rendimentos.

Não indico para quem quer pegar o dinheiro e reinvestir, pois incide imposto de renda sobre os rendimentos semestrais e, principalmente nos primeiros semestres, você pagará um percentual alto de IR, de forma que seria mais interessante que o dinheiro permanecesse investido e não resgatado e reinvestido.

Aqui eu passei somente as noções básicas, para quem quer realmente dominar o investimento no Tesouro Direto, recomendo o curso Tesouro Direto Descomplicado, do Rafael Seabra. Trata-se de um material bastante completo e de altíssima qualidade.

Espero, com esse artigo, ter esclarecido como funcionam os títulos pós-fixados NTNB principal e com juros semestrais.

Wordpress SEO Plugin by SEOPressor