LTN e NTNF – Tesouro Prefixado: como funcionam

O Tesouro prefixado – LTN é o mais simples dos títulos.

Este título possui fluxo de pagamento simples. Você aplica com uma rentabilidade e prazo de vencimento definidos. No final, você recebe o valor que aplicou mais a rentabilidade contratada.

Vamos à análise de um título para melhor entendimento.

LTN tesouro prefixado

No caso do título “Tesouro Prefixado 2019”, sua data de vencimento é em 01/01/2019 e a taxa é de 13,43% a.a. Ou seja, investindo nesse título, contanto que você deixe o valor aplicado até o vencimento (01/01/2019) você terá uma rentabilidade bruta de 13,43% ao ano. Simples assim, fluxo direto.

Importante salientar que dessa rentabilidade deve ser descontado o Imposto de Renda, taxa Bovespa (0,30%) e taxa do agente de custódia (% variável). Baixe minha calculadora do tesouro direto para verificar a rentabilidade líquida de seus investimentos.

Tesouro prefixado – LTN – vendido antes do vencimento

Sim, é possível vender seus títulos do tesouro direto antes do vencimento, mas, nesse caso, qual é a rentabilidade?
Os títulos do tesouro têm sua taxa e, consequentemente, seu valor, definidos diariamente (dias úteis). Esses valores variam para mais ou para menos dependendo das condições do mercado.

Portanto, é possível você ter uma aplicação no tesouro direto prefixado que, durante um período, apresente rentabilidade negativa. Assim como pode ter uma rentabilidade maior que a contratada.

Isso ocorre pelo fato de, como falei, os preços variarem. Então, em algum período entre sua compra e o vencimento do título, pode ocorrer de o preço do referido título esteja menor do que quando você comprou e, caso você venda o título nessa fase, terá prejuízo.

Então, para ficar claro, a rentabilidade contratada no tesouro direto é garantida se você permanecer com o título até o vencimento, em caso de venda antecipada, a rentabilidade pode ser maior ou menor.

Por exemplo, o Tesouro Prefixado 2019 custava, em 27/01/2016, R$ 650,91. O mesmo título, em 22/03/2016, custava R$ 702,99. Ou seja, alguém que comprou em 27/01/2016 e vendeu em 22/03/2016, por exemplo, teve uma rentabilidade bruta de 8%.

Para calcular a rentabilidade utilize a fórmula: rentabilidade=(preço de venda)/(preço de compra)-1

Tesouro Prefixado com juros semestrais (NTNF)

Funciona como o Tesouro Prefixado – LTN, com a diferença que o NTNF paga juros a cada seis meses. Ou seja, em vez de receber toda a rentabilidade do título no vencimento do mesmo, você receberá parte da rentabilidade de seis em seis meses.

Importante salientar que não se trata de rentabilidade extra, a mesma é “quebrada” em faixas semestrais e, no final, você recebe R$ 1000,00 por título mais os juros do último semestre.

Esse título é recomendado para quem quer ter uma fonte de renda periódica, pois, todo semestre, receberá rendimentos.

Não indico para quem quer pegar o dinheiro e reinvestir, pois incide imposto de renda sobre os rendimentos semestrais e, principalmente nos primeiros semestres, você pagará um percentual alto de IR, de forma que seria mais interessante que o dinheiro permanecesse investido e não resgatado e reinvestido.

Aqui eu passei somente as noções básicas, para quem quer realmente dominar o investimento no Tesouro Direto, recomendo o curso Tesouro Direto Descomplicado, do Rafael Seabra. Trata-se de um material bastante completo e de altíssima qualidade.

Espero, com esse artigo, ter esclarecido como funcionam os títulos prefixados LTN e NTNF.

Wordpress SEO Plugin by SEOPressor